terça-feira, dezembro 31, 2013

Feliz Olhar Novo - Carlos Drummond de Andrade





Feliz Olhar Novo

Carlos Drummond de Andrade


O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.


O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o aquí e agora . Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais...


Mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?


Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho? Quero viver bem.


O ano que passou foi um ano cheio.


Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal.


Às vezes se espera demais das pessoas. Normal.


A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor machucou. Normal.


O próximo ano não vai ser diferente.


Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personali-dade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?


O que eu desejo para todos nós é sabedoria!


E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!


Que todos consigam perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim...


Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria três, a dos colegas. Ou mude de classe, transforme-o em conhecido. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.


O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento ,me lembro sempre de um lance que eu adoro: cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade.


Chorar de dor, de solidão, de tristeza faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.


Desejo para todo mundo esse olhar especial.


O próximo ano pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.


O próximo ano pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... pode ser puro orgulho!


Depende de mim, de você!


Pode ser. 


E que seja!!!


segunda-feira, dezembro 30, 2013

Sempre Feliz - André Luiz




Sempre Feliz

André Luiz


Procure compreender as dificuldades do próximo.


Não conserve ressentimentos.


Desculpe ofensas, sejam quais sejam, colocando os assuntos desagradáveis no esquecimento.


Trabalhe quanto puder, tornando-se útil quanto possível.


Mobilize o tempo de que disponha no serviço aos Semelhantes.


Adote a simplicidade por clima de Paz.


Continue aprendendo sempre.


Esqueça você mesmo, criando alegria para os outros.


Viva em Paz com a própria consciência e deixe que os Companheiros vivam a existência deles próprios.


Cultive a paciência sem ansiedade e, procedendo com os Semelhantes, como estima que com você procedam, estará sempre no caminho da verdadeira Felicidade.



XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito André Luiz. Do livro "Sinais de Rumo”.


Para aproveitar o tempo em 2014- Gerson Monteiro



Para aproveitar o tempo em 2014

Gerson Monteiro



É muito comum dizermos que o ano passou tão depressa e nem sentimos. 

Mas na verdade, nós é que passamos pelo tempo. 


Eis porque dizemos que o trem passou pelo túnel, e não o túnel pelo trem. 


Ao encontro dessa idéia, há um pensamento de Allan Kardec exposto no inicio do livro A Gênese, de que “ Para Deus, o passado e o futuro são o eterno presente”; ou seja, o tempo não passa, pois ele é um só. 


O Espírito Emmanuel, pelo médium Chico Xavier, confirma tal conceito de outra forma, dizendo: “A vida é o eterno presente”.


Todos esses conceitos filosóficos no primeiro dia do ano são para dizer que o nosso presente é o resultado do que fizemos no passado, da mesma forma que o futuro dependerá do que fizermos no dia de hoje. 


Sendo assim, você já parou para pensar que a construção do seu futuro espiritual depende de você e de mais ninguém? 


Faça um balanço do que você fez de bom no ano passado, relacionando também o que você não realizou, e procure agora, em 2014, aproveitar todo o tempo que dispõe, para dar cumprimento ao seu projeto de renovação.


Para facilitar o esquema desse balanço, coloque no crédito todas as boas ações feitas no ano passado. Já no lado do débito, liste todas as suas iniciativas para melhorar espiritualmente nesse ano, como:  queixar-se menos da vida, não gastar mais do que ganha, parar de fumar e de beber, ser mais paciente dentro e fora do lar, não guardar mágoas ou ressentimentos, dar mais valor ao trabalho da esposa dentro de casa ou do marido que dá duro para sustentar a família, não falar palavrão e irritar-se menos no trabalho e na condução.


Além disso, perdoe os inimigos, inclusive ajudando-os quando puder; 


visite mais os seus pais que moram sozinhos; 


fale menos da vida dos outros evitando a maledicência; 


ore mais a Deus com fervor para vencer a insegurança; 


não se coloque no lugar de vítima para merecer a piedade dos outros; 


enfim, faça você mesmo a relação do que é preciso fazer, pois só você sabe das suas necessidades perante a sua consciência. 


E por último, agradeço aos leitores dessa coluna as vibrações de amor e as palavras de carinho e de amizade recebidas em 2013, desejando paz e saúde para você e a toda sua família, sob as bênçãos de Deus.



Gerson Simões Monteiro    Vice- Presidente da FUNTARSO

 e-mail: gerson@radioriodejaneiro.am.br

Começando o Ano - Carlos Drummond de Andrade




Começando o Ano 

 Carlos Drummond de Andrade



Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,

a que se deu o nome de ano,

foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança

fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar

e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez,

com outro número e outra vontade de acreditar

que daqui para adiante vai ser diferente...

Para você, desejo o sonho realizado.

O amor esperado.

A esperança renovada.

Para você, desejo todas as cores desta vida.

Todas as alegrias que puder sorrir.

Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano,

desejo que os amigos sejam mais cúmplices,

que sua família esteja mais unida,

que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas.

Mas nada seria suficiente...

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.

Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto,

ao rumo da sua FELICIDADE!!!"



domingo, dezembro 29, 2013

Feliz Ano Novo !!!

Mensagem para o Ano Novo - Momento Espírita




Mensagem para o Ano Novo



No Ano Novo que chega, repleto do amor de Deus, desejamos muitas bênçãos para ti e para os teus.


Que tenhas boa saúde, mesmo que estejas doente, com o pensamento em Jesus levando a vida p'ra frente.


Que possas manter acesa a chama azul da bonança, semeando a fraternidade, a caridade e a esperança.


No ano que chega agora, cheio de oportunidades, que transformes desafetos em felizes amizades.


Tem cuidados pela rota do ano agora nascente, nos esforços p'ra que possas viver bem com toda gente.


Não deixes nunca passar as chances de progredir, sem corromper bons costumes e sem a ninguém ferir.


Estuda firme e trabalha p'ro bem do mundo, onde estejas, pois só gozarás as bênçãos dos valores que projetas.


Pensa melhor na vivência junto aos teus familiares. Educa, ama e orienta, para te felicitares.


Pais, irmãos, esposos, filhos, afins da esfera do ar são-te as preciosas gemas que te cabe resguardar.


Nesse Ano Novo promete a ti mesmo, de verdade, exercitar na família mais atenção e bondade.


Procura passar distante, no tempo que Deus te oferta, das dissipações, dos vícios, na busca da estrada certa.


Cuida melhor do corpinho com que nasceste na Terra, p'ra que não te sintas presa do suicídio que a alma emperra.


Saúda esse novo tempo com paz no teu coração, envolvendo os teus afetos na mais sentida oração.


E se plantares, com fé, as sementes de alegria, teu Novo Ano, então, será de belezas, dia-a-dia.




Redação do Momento Espírita, com base na mensagem Ano Novo, pelo Espírito Sebastião Lasneau, psicografia de Raul Teixeira, em 5.1.1998, na Sociedade Espírita Fraternidade, em Niterói, RJ. Disponível em www.momento.com.br.

sábado, dezembro 28, 2013

Jesus sabe - Momento Espírita


Jesus sabe


Quantas lágrimas você já verteu a sós, sem ninguém para lhe estender um ombro amigo, sem uma palavra de alento, sem nenhum consolo...


Considere, no entanto, que Jesus sabe...


Quando você descobre que seus amigos, nos quais você depositava a mais sincera confiança, lhe traem, e a amargura lhe visita a alma dolorida, no silêncio das horas... Jesus sabe.


Jesus conhece os mais secretos pensamentos e sentimentos de cada uma das ovelhas que o Pai Lhe confiou.


Jesus sabe das noites maldormidas, quando você se debate em busca de soluções para os problemas que lhe preocupam a mente...


Das dores que lhe dilaceram a alma, quando a solidão parece ser sua única companheira fiel, Jesus sabe...


Dos imensos obstáculos que você já superou, sem nenhuma estrela por testemunha, Jesus sabe...


Da sua sede de justiça, Jesus sabe.


Da sua luta para ser cada dia melhor que o dia anterior, Jesus sabe.


Jesus, Esse Irmão Maior, a quem o Pai confiou a Humanidade terrestre, conhece cada um dos Seus tutelados.


Se você sofreu algum tipo de calúnia, de injustiça, alguma punição imerecida, Jesus sabe.


Jesus conhece as suas horas de vigília ao lado do leito de um familiar enfermo...


Sabe da sua dedicação aos filhos, tantas vezes ingratos, ao esposo ou à esposa problemática.


Jesus sabe dos seus autoenfrentamentos para vencer os próprios vícios e as tendências infelizes.


Jesus conhece suas fraquezas, seus medos, suas chagas abertas, suas inseguranças...


Jesus sabe das muitas vezes que você persiste em caminhar, mesmo com os pés sangrando...


Jesus sabe o peso da cruz que você leva sobre os ombros...


Jesus sabe quantas gotas de lágrimas você já derramou por compaixão, sofrendo a dor de outros corações...


Jesus conhece suas muitas renúncias...


Suas amarguras não confessadas...


Jesus sabe das esperanças que você já distribuiu, dos alentos que você ofertou, das horas que dedicou voluntariamente a benefício de alguém...


Jesus conhece suas ações nobres e percebe o desdém daqueles que só notam e ressaltam suas falhas.


Jesus entende seu coração dorido de saudade, dilacerado pela solidão, amargurado pelas dificuldades que, às vezes, parecem intransponíveis...


Jesus sabe que todas as situações pelas quais você passa, são para seu aprendizado e para seu crescimento na direção da grande luz.


O Sublime Pastor conhece cada uma de Suas ovelhas e sabe o que se passa com cada uma delas.


Por isso Ele mesmo assegurou: Nunca estareis a sós.


Jesus é o Divino Amigo que nos segue os passos desde sempre e para sempre.


E nos momentos em que suas forças quiserem abandoná-lo, aconchegue-se junto ao Seu coração amoroso e ouça Sua voz a lhe dizer, com imensa ternura:


Meu filho, trace o seu sulco; recomece no dia seguinte o afanoso labor da véspera.


O trabalho das suas mãos lhe fornece ao corpo o pão terrestre; sua alma, porém, não está esquecida.


E eu, o jardineiro divino, a cultivo no silêncio dos seus pensamentos.


Quando soar a hora do repouso e a trama da vida se lhe escapar das mãos e seus olhos se fecharem para a luz, sentirá que surge em você, e germina, a minha preciosa semente.


Nada fica perdido no reino de nosso Pai e os seus suores e misérias formam o tesouro que o tornará rico nas esferas superiores, onde a luz substitui as trevas...


E onde o mais desnudo dentre vós será talvez o mais resplandecente.





Redação do Momento Espírita, com base no item 6, do cap. VI do livro O Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec, ed. Feb. Disponível no cd Coletânea 8/9 do Momento Espírita e no livro Momento Espírita, v. 5, ed. Fep.Disponível em www.momento.com.br.

sexta-feira, dezembro 27, 2013

Carta de Ano Novo - Emmanuel





Carta de Ano Novo

Emmanuel



Ano Novo é também oportunidade de aprender, trabalhar e servir. 


O tempo como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para necessária ascensão.


Lembra-te de que o ano em retorno, é novo dia a convocar-te para a execução de velhas promessas que ainda não tivestes a coragem de cumprir.


Se tens inimigos faze das horas renascer-te o caminho da reconciliação.


Se foste ofendido, perdoa, a fim de que o amor te clareie a estrada para frente.


Se descansaste em demasia, volve ao arado de tuas obrigações e planta o bem com destemor para a colheita do porvir.


Se a tristeza te requisita esquece-a e procura a alegria serena da consciência tranquila no dever bem cumprido.


Ano Novo! Novo Dia!


Sorri para os que te feriram e busca harmonia com aqueles que te não entenderam até agora.


Recorda que há mais ignorância que maldade em torno de teu destino.
Não maldigas nem condenes.


Auxilia a acender alguma luz para quem passa ao teu lado, na inquietude da escuridão.


Não te desanimes nem te desconsoles.


Cultiva o bom ânimo com os que te visitam dominados pelo frio do desencanto ou da indiferença.


Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: 


- Ama e auxilia sempre. 


Ajuda aos outros amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração.




XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito Emmanuel . Vida e Caminho. Espíritos Diversos. GEEM.

quinta-feira, dezembro 26, 2013

Feliz 2014! A Mais Linda Mensagem de ANO NOVO!!! - Deivison Pedroza



Feliz 2014! 


Deivison Pedroza

Vem aí um ANO NOVO.
Então, respire fundo...
Receba as novas energias...
E esteja pronto para novos pensamentos...


Afinal, este será o melhor ANO de sua VIDA.
Então deixe que o seu coração se encha de paz..
E que o amor invada sua alma...


Não espere apenas um BOM ANO.
Abrace o Grande ANO.
Reflita sobre tudo o que passou.
Aprenda com o que viveu.
Ressignifique...
E revigore suas expectativas.


Afinal, vem aí Um NOVO ANO cheio de oportunidades.
Que ele seja afortunado...
Que prevaleça o perdão ...
Que você sorria 365 dias, sem perder o fôlego
E que a cooperação seja tão comum quando dormir e acordar.


E que a cada amanhecer você seja grato por estar vivo,
E por poder recomeçar...
E assim, sinta a felicidade irradiar a sua vida...
E tenha a certeza de que neste NOVO ANO, tudo de bom, será ainda melhor!



quarta-feira, dezembro 25, 2013

Porque é Natal - Momento Espírita




Porque é Natal


Senhor,


A Tua voz é o som perfeito que me embala o ser, e que me faz ouvir o murmúrio tranquilizante dos astros.


O Teu olhar é como o brilho solar, que me aquece a alma fria, marcada pelo desalento e pela desesperança, nessa dura marcha para a elevação.


As Tuas mãos representam para mim o divino apoio, amparo que me impede de tombar, fragilizado como estou, nos rumos em que me vejo, ante a necessidade de subir.


As Tuas pegadas indicam-me as trilhas por onde devo me orientar nessa ausência de bússola moral com o entorpecimento da ética, quando desejo ir ao encontro de Deus.


As Tuas instruções, Jesus Nazareno, mapeiam para mim o território da paz, ensejando-me clareza para que saiba onde me encontro e como estou, para que não me perca nessa ingente procura dos campos de amor e das fontes de paz.


Os Teus silêncios falam-me bem alto a respeito de tudo o que devo aprender e operar nos recônditos de minh’alma, aprendendo tanto a falar quanto a calar, sempre atuando na construção do mundo rico de fraternidade que almejamos.


Agora, quando me ponho a meditar sobre tudo isso, meu Senhor, desejo exalçar o Teu nome, por toda a minha omissão dos milênios afora, embora a Tua paciente e dúlcida presença junto a mim.


Já é Natal na Terra, Jesus!


E porque é o Teu Natal, busco em Tua luz desfazer as minhas sombras.


Procuro em Tua assistência superar minhas variadas necessidades.


Quero no Teu exemplo de trabalho atender os meus deveres.


Porque é o Teu Natal, anseio por achar na Tua força a coragem de superar os meus limites.


Desejo ver na Tua entrega total a Deus o reforço para minha fidelidade ao bem e, na Tua autodoação à vida, anelo tornar-me um servidor;


No culto do dever que te trouxe ao mundo, quero honrar o meu trabalho.


No Teu natal, que esparge claros jorros de amor sobre o planeta, quero abrigar-te no imo do meu coração convertido numa lapa bem simples, para que possas nascer em mim, crescer em mim e atuar por mim.


E, na magia do Natal, vibro para que minhas ações permitam que o Teu formoso reino logo mais possa alojar-se aqui, no mundo.


E que cheio de júbilo n’alma eu possa dizer que te amo, que te busco e que te quero seguir, apesar da simplicidade dos meus gestos e do pouco que tenho para dar-te, meu doce Amigo, meu Senhor.


*    *    *


O Natal é sempre a especial oportunidade de exercitar o amor.


Em nome de um menino, há cores e brilho nas ruas. Pessoas andam apressadas, entrando e saindo das lojas.


A sua preocupação é adquirir um mimo, um presente para os seus amados, para os amigos, para os colegas.


Também para quem nem conhece e resolveu apadrinhar. Um brinquedo para fazer sorrir uma criança.


Um abraço para quem vive só. Um sorriso para quem vive sem amor.


Tudo porque é Natal.


Natal de Jesus. Festa de corações. Momento de paz, de oração, de amor.


Não deixe passar em branco essa data. Participe com sua cota de alegria, de doação e de carinho.


Porque é Natal.




Redação do Momento Espírita, com mensagem do Espírito Ivan de Albuquerque, psicografia de Raul Teixeira. Disponível em www.momento.com.br.


O Primeiro Ecologista - Momento Espírita




O Primeiro Ecologista



Ecologia é a ciência que estuda a relação entre os seres vivos e o ambiente em que vivem. O termo foi utilizado, pela primeira vez, no ano de 1869, pelo cientista alemão Ernst Haeckel.


Contudo, no estudo dos Evangelhos, encontramos o mais excelente ecologista.  Muito antes dos homens se preocuparem com a sua casa terrena, com as questões ecológicas, um Sábio Galileu demonstrou o viver saudável e a interação com o meio ambiente.


Ele nasceu num estábulo, apropriado para abrigar os animais. E um boi e um burro dividiram o espaço com Ele.


Seu primeiro berço foi improvisado numa manjedoura, utilizando-se, os pais, do feno reservado aos animais.


Seus primeiros visitantes foram homens que guardavam as ovelhas, no campo.


Iniciou Seu messianato, identificando-se, conforme as Escrituras, nas águas do rio Jordão.


Embora frequentasse as sinagogas e o templo, em Jerusalém, foi no altar da natureza que teceu as mais belas considerações a respeito do reino que veio implantar no coração dos homens.


Subiu a um monte e pronunciou o poema jamais igualado das bem-aventuranças.


No poço de Jacó, na Samaria, serviu-se do precioso líquido para tecer uma analogia e ofertar a água viva, que dessedenta para sempre.


Falando a respeito da fé, a comparou ao minúsculo grão de mostarda que, semeado, se transforma em frondosa árvore, onde se vêm abrigar as aves.


Lecionando a humildade, declamou versos a respeito dos lírios dos campos, que não tecem, nem fiam, mas que se vestem com maior pompa do que o grande rei Salomão.


Ensinando a confiança na Providência Divina, referiu-se às aves do céu, que não semeiam, nem colhem e, no entanto, o Pai lhes provê o alimento diário.


Em meio à tempestade, que atemorizava os companheiros, Ele se ergueu e falou aos ventos, ordenando aos Espíritos que atuam na natureza, para que cessassem a sua ação.


Comparou-se a uma videira, adjetivando Seus discípulos como os ramos, Ele próprio distribuindo a seiva que os há de alimentar.


Denominou-se o ramo verde, o que viceja, dá flores, frutifica. Demonstrando o conhecimento intrínseco do ofício, ofereceu-se como o Bom Pastor, aquele que, ao contrário do mercenário que foge ante o perigo, dá a Sua vida pela das Suas ovelhas.


E contou a história da ovelha perdida, das noventa e nove em segurança no redil, da alegria do Pastor ao encontrar a Sua ovelha, carregando-a aos ombros.


Vivendo no ambiente da carpintaria, enquanto crescia, agonizou e entregou Seu Espírito ao Senhor da Vida pregado a um madeiro.


*  *   *


Jesus ecologista. Jesus, amante da natureza. Ressurgindo na manhã do domingo, Ele aguardou no jardim e se deu a conhecer a Maria Madalena.


E, em plena natureza, em meio à assembleia de cinco centenas de discípulos, alçou-se e desapareceu dos olhos humanos, adentrando o reino do Pai, deixando-nos a lição de amor ao semelhante e à natureza.


Natureza que Ele ensinou a apreciar em seus detalhes, a prestar atenção a coisas que parecem insignificantes mas que integram o meio ambiente em que nos movimentamos, em que vivemos.


Jesus, Modelo e Guia. Ecologista de primeira grandeza.




Redação do Momento Espírita. Disponível em www.momento.com.br.