sábado, janeiro 31, 2015

Divaldo Franco comenta sobre o Papa Francisco no programa da Marcia Pelt...

Preceitos de Saúde - André Luiz





Preceitos de Saúde

André Luiz


1- Guarde o coração em paz, à frente de todas as situações e de todas as coisas. Todos os patrimônios da vida pertencem a Deus.


2- Apoie-se no dever rigorosamente cumprido. Não há equilíbrio físico sem harmonia espiritual.


3- Cultive o hábito da oração. A prece é luz na defesa do corpo e da alma.


4- Ocupe o seu tempo disponível com o trabalho proveitoso, sem esquecer o descanso imprescindível ao justo refazimento. A sugestão das trevas chega até nós pela hora vazia.


5- Estude sempre. A renovação das idéias favorece a sábia renovação das células orgânicas.


6- Evite cólera. Enraivecer-se é animalizar-se, caindo nas sombras de baixo nível.


7- Fuja à maledicência. O lodo agitado atinge a quem o revolve.


8- Sempre que possível, respire a longos haustos e não olvide o banho diário, ainda que ligeiro. O ar puro é precioso alimento e a limpeza é simples obrigação.


9- Coma pouco. A criatura sensata come para viver, enquanto a criatura imprudente vive para comer.


10- Use a paciência e o perdão, infatigavelmente. Todos nós temos sido caridosamente tolerados pela Bondade Divina, milhões de vezes, e conservar o coração no vinagre da intolerância é provocar própria queda, na morte inútil.



XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito Espírito André Luiz. “Aulas da Vida”.


sexta-feira, janeiro 30, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 08

O Auxílio Virá - Emmanuel







O Auxílio Virá

Emmanuel


O problema que te preocupa talvez te pareça excessivamente amargo ao coração.


E tão amargo que talvez não possas comentá-lo, de pronto.


Às vezes, a sombra interior é tamanha que tens a ideia de haver perdido o próprio rumo.


Entretanto, não esmoreças.


Abraça o dever que a vida te assinala.


Serve e ora.


A prece te renovará as energias.


O trabalho te auxiliará.


Deus não nos abandona.


Faze silêncio e não te queixes.


Alegra-te e espera, porque o Céu te socorrerá.


Por meios que desconheces, Deus permanece agindo.




XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito Emmanuel. Do livro "Recados do Além", ed. Ideal, cap. 49.

quinta-feira, janeiro 29, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 07

Diante do Tempo - Emmanuel




Diante do Tempo

Emmanuel



Contempla o mundo a que voltaste, através da reencarnação, para resgatar o passado e construir o futuro.


Sol que brilha, nuvem que passa, vento que ondula, terra expectante, árvore erguida, fonte que corre, fruto que alimenta e flor que perfuma utilizam a riqueza das horas para servir.


Aproveita, igualmente, os minutos, para fazeres o melhor.


Perdeste nobres aspirações em desenganos esmagadores; no entanto, as esperanças renascem no coração dilacerado, à maneira de rosas sobre ruínas.


Perdeste créditos valiosos na insolvência passageira que te aflige o caminho; todavia, o trabalho dar-te-á recursos multiplicados para conquistas novas.


Perdeste felizes ocasiões de prosperidade e alegria, à vista da calúnia com que te ferem, mas, no culto da tolerância, removerás a maledicência, demandando níveis mais altos.


Perdeste familiares queridos que te largaram à solidão; no entanto, recuperá-los-ás tão logo consigas sazonar os frutos do entendimento, na esfera da própria alma.


Perdeste afetos sublimes na fronteira da morte; todavia, reaverás todos eles, um dia, quando te sentires de espírito libertado, nos planos da Grande Luz.


Perdeste dons preciosos, na enfermidade em que te flagelas, mas o próprio corpo físico é santuário que se refaz.


Observa, contudo, o que fazes do Tempo e vale-te Dele para instalar bondade e compreensão, discernimento e equilíbrio, em ti mesmo, porque o dia que deixas passar, vazio e inútil, é, realmente, um tesouro perdido que não mais voltará.




XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito Emmanuel.Do livro "Justiça Divina".

quarta-feira, janeiro 28, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 06

Em Seu Benefício - André Luiz




Em Seu Benefício

André Luiz


Não se agaste com o ignorante; certamente, não dispõe ele das oportunidades que iluminaram seu caminho.


Evite aborrecimentos com as pessoas fanatizadas; permanecem no cárcere do exclusivismo e merecem compaixão como qualquer prisioneiro.


Não se perturbe com o malcriado; o irmão intratável tem, na maioria das vezes, o fígado estragado e os nervos doentes.


Ampare o companheiro inseguro; talvez não possua o necessário, quando você detém excessos.


Não se zangue com o ingrato; provavelmente, é desorientado ou inexperiente.


Ajude ao que erra; seus pés pisam o mesmo chão e, se você tem possibilidades de corrigir, não tem o direito de censurar.


Desculpe o desertor; ele é fraco e mais tarde voltará à lição.


Auxilie o doente; agradeça ao Divino poder o equilíbrio que você está conservando.


Esqueça o acusador; ele não conhece o seu caso desde o princípio.


Perdoe ao mau; a vida se encarregará dele.




XAVIER, Francisco Cândido Xavier pelo Espírito André Luiz . Agenda Cristã .

terça-feira, janeiro 27, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 05

Vida Feliz - Joanna de Ângelis





Vida Feliz

Joanna de Ângelis


Acalma os anseios de mudanças constantes.

Deus te colocou no melhor lugar para o teu progresso moral e espiritual.

O lar que tens, o trabalho em que te encontras, a cidade onde resides, são oportunidades de treinamento para a tua evolução.

"Pedra que rola, não cria limo" — afirma o brocardo popular.

Quem sempre está de mudança não amadurece, nem realiza bem coisa alguma.

Cumpre a tarefa onde estejas, e, no momento próprio, após acurada meditação, toma o teu rumo definitivo.




FRANCO , Divaldo pereira pelo Espírito Joanna de Ângelis .Vida Feliz.

segunda-feira, janeiro 26, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 04

10. Autoconhecimento - José Carlos De Lucca





10. Autoconhecimento

José Carlos De Lucca


- Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal?
- Um sábio da antiguidade vô-lo disse: Conhece-te a ti mesmo.17


Faça silêncio interior, aproveite a enfermidade para observar o que seu inconsciente esta expressando no corpo físico. 


Os sábios da antiguidade já diziam que não existem doenças e sim doentes. 


Infelizmente, hoje a Medicina se interessa mais pela doença do que pelo doente.


Amiúde, órgãos são mais importantes do que a alma; as doenças são tratadas como celebridades e os doentes ficam escondidos nos bastidores.


A enfermidade revela quem você é e o que está se passando no seu mundo interior. 


A matéria é espelho da alma. 


O nosso corpo de agora fomos nós quem o criamos através dos nossos pensamentos e hábitos.


A doença revela o que estava escondido nos escaninhos mais secretos da nossa mente. 


Tudo o que estava oculto se tornou visível para o nosso conhecimento e aprendizado. 


Valorize essa experiência de autoconhecimento.


Seja um atento observador de si mesmo. 


A doença não é uma inimiga a vencer, é uma professora com quem temos muito a aprender.


Faça uma endoscopia espiritual. 


Converse com sua doença, pergunte o que ela veio lhe mostrar. 


Ninguém se cura verdadeiramente sem se olhar bem fundo com os olhos da alma.

A enfermidade nos tira do lugar comum dai porque carecemos de recolhimento íntimo, de silêncio interior para uma autoanalise serena a respeito do que temos feito da vida e para onde pretendemos chegar.







Ao encontrar Jesus na estrada de Damasco, Saulo de Tarso, o perseguidor dos cristãos, envolvido pela luz resplendorosa do Mestre, caiu em terra e perdera a visão durante três dias18. 


A doença muitas vezes nos põe no chão, é um choque sem o qual não despertaríamos dos próprios pesadelos.


A cegueira que tomou conta de Saulo era um convite para que ele olhasse agora para dentro de si e adquirisse maturidade psíquica a fim de mudar o rumo de sua vida. 


E como mudou.


Aproveitemos esse encontro com Jesus através da doença - nossa estrada de Damasco - e também perguntemos com Saulo: 


“Senhor, que queres que eu faça?"




Ninguém se cura verdadeiramente sem se olhar bem fundo com os olhos da alma. 

            

19 A Doença Como Caminho, Cultrix.



FONTE

DE LUCCA, José Carlos. O Médico Jesus , l. ed. São Paulo; Editora Espírita Dr. Bezerra de Menezes, 2009.CAP XI , p.30-31.

domingo, janeiro 25, 2015

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 03

Sem reclamação - José Carlos De Lucca





9. Sem reclamação

José Carlos De Lucca


Se disseres, ante um problema que surge: ’isto não é nada’, de fato, o problema será nada. Pode até que seja alguma coisa, mas, gradativamente, se reduzirá de tamanho e complexidade.


Irmão José15


Sem aceitação da doença, cairemos nas faixas do desespero e da revolta, e isso seria a pior coisa que poderia ocorrer a quem está enfermo.


Ninguém consegue mudar algo que não aceita.


Enquanto estivermos reclamando da doença, perderemos precioso tempo na conquista da saúde. 


Pare de brigar com a situação, faça as pazes com a enfermidade, sem boa-vontade jamais conseguiremos vencer qualquer impedimento. 


A reclamação é uma bomba jogada no terreno da nossa vida, é uma energia negativa que apenas faz crescer aquilo que nos incomoda.


Quando se deparou com um paralítico junto ao poço de Betesda, Jesus indagou ao enfermo se ele gostaria de ser curado16


Em vez de responder afirmativamente, o paralítico apresentou uma série de reclamações a respeito das pessoas que não o ajudavam a entrar no poço, cujas águas eram tidas como milagrosas.


O Médico Jesus não falou uma palavra sequer sobre as reclamações do paralitico. 


Mudou de assunto. 


Simplesmente apresentou ao enfermo um roteiro para a cura: 


“Levanta-te, toma a tua cama e anda."


Levantar é sair do chão do vitimismo e da reclamação. 


É assumir uma nova condição que nasce com o desejo de aprender a mensagem
que a enfermidade nos trouxe.


Tomar a cama é assumir o controle da doença e não ser controlado por ela. 


É ter a certeza de ser o personagem mais importante no processo da própria cura.


Andar é o convite que Jesus nos faz para seguirmos adiante, avançarmos, fazermos as mudanças necessárias para atingir uma nova fase em nossa vida. 


Não podemos estacionar nas avenidas da inércia. 


Doença gosta de cama, de sofá, de pijamas, de ociosidade.


Pare de reclamar e siga a receita de Jesus: levanta-te, toma o teu leito e siga adiante que a doença vai embora porque, sendo muito preguiçosa, jamais conseguirá alcançá-lo.



É ter a certeza de ser o personagem mais importante no processo da própria cura.



15 De Ânimo Firme, psicografia de Carlos A. Baccelli, Didier Editora.
16 João; 5, l-15.



FONTE

DE LUCCA, José Carlos. O Médico Jesus , l. ed. São Paulo; Editora Espírita Dr. Bezerra de Menezes, 2009.CAP IX , p.28-29.









" Você é luz, saúde, alegria de viver.  Nenhum pensamento perturbador merece a sua preocupação. 

Saúda o novo dia com uma imensa alegria de viver, esqueça todos os eventos  negativos dos dias anteriores  e todas as células do seu corpo entrarão nesta sintonia vibratória de harmonia . 

Você merece ser feliz e será, hoje, agora...". 


Carinhosamente, Gabi.

Vivências com Jesus - Yasmin Madeira - 02

sábado, janeiro 24, 2015

8. Prove o Amor - José Carlos De Lucca





8. Prove o Amor

José Carlos De Lucca


A cura tem inicio quando o paciente se ama e passa a amar o seu próximo. É um processo profundo de integração da pessoa nos programas superiores da Vida.
Joanna de Angelis14



Curar-se, em última análise, deve ser um ato de amor profundo.


Amar faz com que nossas células vibrem em perfeita harmonia. 


E onde a harmonia se faz presente a doença não encontra lugar.


Mas o amor só tem sentido quando ele é experenciado, sentido. 


palavra "amor" é neutra, expressa apenas uma ideia. 


Somente quando se ama é que poderemos saber o amor. 


Saber tem sentido de saborear, experimentar.


Olhar para uma fruta não nos permite conhecer seu sabor.


Somente quando a provamos é que sentiremos seu gosto.


Por que você não sente o gosto do amor agora mesmo? 


Será que não existe alguém esperando um abraço seu? 


Um telefonema? 


Não existe alguém precisando da sua palavra amiga? 


De um simples pedaço de pão que você queira dividir?


Será que você também não será capaz de um gesto de amor por si mesmo? 


Eu tenho certeza que sim. 


Ligue para um amigo e peça ajuda para suas dificuldades. 


Procure amparo espiritual no templo religioso de sua fé. 


Acerque-se de pessoas de bom astral. 


Cultive somente idéias positivas a seu respeito.


Além do mais, o ato de abandonar um hábito nocivo que agrada nosso corpo é uma das formas mais autenticas de amar a si mesmo. 


Nós não gostaríamos de ver um filho entregue às drogas porque o amamos, não é verdade? 


E por que não temos amor suficiente por nós, para nos libertar de hábitos infelizes que estão destruindo a nossa vida?


Jesus é considerado o médico dos médicos porque experimentou o amor em todos os lances da sua vida, sobretudo nos mais aflitivos. 


Jesus não foi um teórico do amor, por isso Ele se tornou o Guia Espiritual da
humanidade nos indicando que, amando, seriamos verdadeiramente felizes.


Acha isso apenas poesia? 


Mas, será que de fato não está faltando mais poesia em nossa vida?


Pois, então, o que é que faremos com todo o nosso dinheiro se não o transformarmos em coisas e situações que sensibilizem e alimentem nossa alma?


O que faremos diante da farta refeição se não tivermos pelo menos um amigo que queira sentar-se conosco à mesa?


Que faremos do nosso diploma se não fizermos da nossa profissão um campo de serviço ao semelhante?


Que faremos das crianças a nossa volta se não tivermos mais alegria em nossa vida?


Que faremos dos idosos se não conseguirmos mais contemplar o pôr-do-sol?


Que faremos dos nossos amores se já não formos capazes de namorar as estrelas solitárias no céu?


Saboreie o amor, ponha mais poesia e encantamento em seu olhar, veja além da realidade física, pois é mudando a percepção sobre a nossa jornada existencial que encontraremos o caminho da cura.



E por que não temos amor suficiente por nós, para nos libertar de hábitos infelizes que estão destruindo a nossa vida?



14 Desperte e Seja Feliz, psicografia de Divaldo Pereira Franco. LEAL



FONTE

DE LUCCA, José Carlos. O Médico Jesus , l. ed. São Paulo; Editora Espírita Dr. Bezerra de Menezes, 2009.CAP VIII , p.24-25.