Pachelbel - Canon In D Major

domingo, junho 17, 2007



Que cruel abismo é este que construímos...?



De um lado, o consumo desenfreado, e do outro, nada para consumir...
Como a vida é frágil, se a abandonam...
Separados pelo abismo, dois mundos diferentes:
- de um lado, o nosso mundo, o dos abençoados pelo destino;- do outro, o triste mundo da grande maioria de excluídos, esquecidos, ignorados pelo destino...Enquanto a maioria prefere ignorar o que se passa do outro lado do abismo, existem, ainda bem , aqueles que enxergam além, se preocupam, e tentam construir pontes.E uma destas pessoas se chama Angelina, ‘pequeno anjo’ em italiano.






O que leva uma jovem atriz a abdicar de todo conforto, e viajar meio mundo para aliviar com seu abraço um coração entristecido...?Angelina Jolie foi escolhida pela revista Time como a segunda mulher mais influente do globo.Além de emprestar sua imagem, e doar seu tempo e dinheiro a refugiados e órfãos, ela procura levar a realidade que vivencia nas suas viagens até os líderes mundiais e governantes dos países ricos, propondo soluções e cobrando ações.Segundo a reportagem da revista Time, doa um terço de seus rendimentos em prol das causas humanitárias.Chamar a atenção do mundo às causas humanitárias, envolvendo-se intensamente em cada projeto, também tem seus riscos.Enquanto visitava Angola juntamente com a Unicef, após a guerra em 2002, foi contaminada gravemente pela malária, chegando a quase perder a audição.Na época, ao comentar o episódio numa entrevista, afirmou:“Existem alguns riscos que são dignos de se correr, porém o medo de riscos é indesculpável.Você tem que defender aquilo em que você acredita.”Numa outra entrevista, ela afirma que durante a adolescência era um tanto rebelde, e que não conseguia se imaginar constituindo família algum dia. Acrescenta que a oportunidade de colaborar para uma causa mais nobre mudou toda a sua maneira de enxergar a vida.“O que eu tenho feito tem me dado uma nova perspectiva e me levado a descobrir um outro mundo, de dor e medo.Alcançar o próximo me conduziu a uma vida de significado”.




Angelina e seu filho Maddox

Certa vez, interrogada por um jornalista sobre as suas motivações humanitárias, respondeu:"Gostaria que Maddox se recordasse de mim não apenas como uma atriz que atuou bem e que por isso ganhou prêmios, mas também como alguém que se preocupou com os outros e que fez, ou que pelo menos tentou, com que o mundo fosse melhor para os outros". As premiações, o Oscar e o Globo de Ouro que ela acumula, os filmes e os festivais... Tudo isso passará...Porém, o amor, a solidariedade, a generosidade e a compaixão... São estes os bens eternos, que para sempre acompanharão aqueles que os manifestam...




Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.
Érico Veríssimo

Formatação original de um_peregrino@hotmail.com

terça-feira, junho 12, 2007


A amizade é um grande tesouro que possuímos




Para viver bem...




Seja amigo de todos.

Por que discutir, brigar ou trocar palavras ásperas?
Quem estará com a razão?

Geralmente, quando entramos numa discussão é porque acreditamos estar no nosso direito.

É importante, porém, notar que ao usarmos de violência, seja ela física ou verbal, perdemos a razão, qualquer que seja a circunstância.
Serão sempre dois ou mais equivocados tentando subjugar-se um ao outro.

Quase sempre nos arrependemos desses momentos.

Evite discussões.

Humberto Pazian

Texto extraído do livro Para viver bem... página 208::Editora Petit::Autor: Humberto Pazian

Que em nossas ações nos lembremos do Divino Amigo , sempre pronto a nos estender
Suas mãos generosas e fraternais a nos tracionar para valores mais elevados ...