Pachelbel - Canon In D Major

quinta-feira, março 15, 2012

Transição Planetária - Manoel Philomeno de Miranda




Transição Planetária

Manoel Philomeno de Miranda


Na obra "Transição Planetária", Manoel Philomeno de Miranda conta que houve uma reunião no plano espiritual onde receberam a visita de uma nobre entidade, que veio da constelação do Touro, particularmente de uma das Plêiades, a pedido de Jesus, a fim de apresentar a eles as considerações a respeito do momentoso projeto sobre reencarnações em massa, que está acontecendo em nosso planeta e que começou na segunda metade do século passado, e se intensificará. Disse a nobre entidade:

“Esta não é a primeira vez que o mundo terreno recebe viajores de outras moradas, atendendo à solicitação de Jesus-Cristo (...)

Da constelação de Cocheiro vieram aqueles nobres embaixadores da luz que contribuíram para a construção da Humanidade atual, inclusive outras inteligências, todavia, não moralizadas, que após concluídos alguns estágios evolutivos retornaram, felizes, aos lares queridos...

“(...) o desenvolvimento mais amplo ocorreu na área da inteligência e não do sentimento, assim, explicando o atual estágio da evolução em que se encontram, rico em sentimentos e pobre de edificações espirituais...


“Periodicamente, por sua vez, o planeta experimenta mudanças climáticas, sísmicas em geral, com profundas alterações na sua massa imensa, ou sofre o impacto de meteoros que lhe alteram a estrutura, tornando-o mais belo e harmônico, embora as destruições que, na ocasião, ocorrem tendo sempre em vista o progresso, assim obedecendo à planificação superior com o objetivo de alcançar o seu alto nível de mundo de regeneração.


“(...)muitos espíritos estão tendo a oportunidade de refazerem conceitos, de aprimorarem sentimentos e de participarem da inevitável marcha ascensional...


Expressivo número, porém, permanece em situações de agressividade e indiferença emocional, tornando-se instrumentos de provações rudes para a sociedade que desdenha.

Fruem da excelente ocasião que, malbaratada, os recambiará a mundos primitivos, nos quais contribuirão com os conhecimentos de que são portadores, sofrendo, no entanto, as injunções rudes que serão defrontadas.

“(...) Desse modo, qual ocorre em outros Orbes, chega o momento em que a Mãe-Terra também ascenderá na escala dos mundos, conduzindo os seus filhos e aguardando o retorno daqueles que estarão na retaguarda por algum tempo, porquanto o inefável amor de Deus a ninguém deixa de amparar, ensejando-lhes oportunidades de refazimento e de evolução.



“(...) Expositores dedicados e médiuns sinceros estarão sendo convocados a participarem de estudos e seminários preparatórios para que seja desencadeada uma ação internacional no planeta, convidando as pessoas sérias à contribuição psíquica e moral em favor do novo período.

“As grandes transformações, embora ocorram em fases de perturbação do orbe terrestre, em face dos fenômenos climáticos da poluição e do desrespeito à Natureza, não se darão em forma de destruição da vida, mas de mudança de comportamento moral e emocional dos indivíduos, convidados uns ao sofrimento pelas ocorrências e outros pelo discernimento em torno da evolução.


“À semelhança das ondas oceânicas (tsunami) a abraçarem as praias voluptuosamente, sorvendo as rendas de espumas alvas, os novos obreiros do Senhor se sucederão ininterruptamente alterando os hábitos sociais, os costumes morais, a literatura e a arte, o conhecimento em geral, ciência e tecnologia, imprimindo novos textos de beleza que despertarão o interesse mesmo daqueles que, momentaneamente, encontram-se adormecidos.

“Antes, porém, de chegar esse momento, a violência, a sensualidade, a abjeção, os escândalos, a corrupção atingirão níveis dantes jamais pensados, alcançando o fundo do poço, enquanto as enfermidades degenerativas, os transtornos bipolares de conduta, as cardiopatias, os cânceres, os vícios e os desvarios sexuais clamarão por paz, pelo retorno à ética, à moral, ao equilíbrio(...)

“Como em toda batalha, momentos difíceis surgirão exigindo equilíbrio e oração fortalecedoras, os lutadores estarão expostos no mundo, incompreendidos, desafiados por serem originais na conduta, por incomodarem os insensatos que, ante a impossibilidade de os igualarem, irão combatê-los, e padecendo diversas ocasiões de profunda e aparente solidão...


Nunca, porém, estarão solitários, porque a solidariedade espiritual do Amor estará com eles, vitalizando-os e encorajando-os ao prosseguimento".


“(...) Louvando, portanto, Aquele que nos convidou, misericórdia solicitamos.”


Quando terminou a eloquente explanação apresentava lágrimas nos olhos que não se atreviam a romper-lhes as comportas...

FRANCO, Divaldo Pereira pelo Espírito Manoel Philomeno de Miranda da obra Transição Planetária.
Fonte:
GRUPO ESPÍRITA ALLAN KARDEC. Disponível em : http://grupoallankardec.blogspot.com/2011_05_01_archive.html. Acesso: 15 MAR 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”