Pachelbel - Canon In D Major

sexta-feira, maio 24, 2013

Mente Curável - José Carlos De Lucca



Que Jesus abençoe ao grupo Doutores da Alegria, pela amplitude do trabalho que realizam...


Mente Curável



José Carlos De Lucca


A ideação da transformação interior com a consequente mudança de atitude para a constante edificação pessoal, torna se eficiente psicoterapia, por modificar os campos estabelecidos e novas ondas de sutil energia passarem a irradiar se, alterando as estruturas das partículas celulares, que se encarregarão de restabelecer as áreas afetadas, produzindo a saúde. Bezerra de Menezes 41



Crie cada vez mais paisagens mentais alegres otimistas saudáveis.



Na mente pessimista esta a maioria das nossas doenças.



 A mente pode ser comparada a uma casa.



A doença e a saúde são como duas pessoas que gostariam de morar com você e que tem gostos muito diferentes.



Ao contrário da saúde, a doença não aprecia casa limpa, arejada, enfeitada de amor e paz.



Existe grande diferença entre ser doente e estar doente.



Cuidado com isso.



Quem se julga um doente define a própria natureza, algo permanente e, portanto, com reduzidas chances de mudar.



Mas, quem esta doente revela uma condição momentânea, passageira.



Quem é permanece.



Quem está deixará essa condição a qualquer momento.



Jamais pense ou diga "eu sou doente".



Diga apenas "eu estou doente".



É na mente que fazemos essa diferença.



A pessoa que se enxerga doente acredita que sua natureza é assim, como se a doença fosse a pele que revestisse seu corpo.



Ela cria toda uma atmosfera enferma, pois se comporta como doente, veste-se como doente, fala como doente e pensa como doente.



Diria que nesses casos os prognósticos de cura são impossíveis se a pessoa não mudar a percepção da enfermidade em sua vida.



O ambiente que criamos em nossa mente definirá nossas chances de cura ou manutenção da enfermidade.



Vamos arejar nossa mente com otimismo, boas conversas, boas companhias, leituras edificantes, musica agradável, ideias fraternais e muito bom humor, pois com isso a saúde residira conosco.



Toda ajuda espiritual em favor da saúde depende da existência de um ponto de contato entre nos e as forças divinas.



Nas curas que realizava Jesus nunca prescindiu de um mínimo de colaboração dos enfermos.



Ele exortava a todos que o buscavam, o exercício da fé e a necessidade de uma conversão de vida.



A Providência Divina jamais nos favorecerá com alguma cura sem que perceba em nós o brotar das sementes da transformação interior.



É preciso haver alguma ressonância entre a nossa vibração e a vibração divina, um ponto em comum que nos ligue, por semelhança, as forças curativas.



Deus é o auxilio constante.



Exatamente neste instante Ele o inunda de energias amorosas aptas a curá-lo.



Mas, será que já nos colocamos em condições espirituais para recebermos a cura?


*


É preciso haver alguma ressonância entre a nossa vibração e a vibração divina, um ponto em comum que nos ligue, por semelhança, as forças curativas.

*

41 De Bezerra de Menezes para você, psicografia de Divaldo P. Franco, DIDIER.


*

FONTE:


DE LUCCA, José Carlos. O Médico Jesus, CAP. 22, p. 52-53.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”