Pachelbel - Canon In D Major

quinta-feira, novembro 10, 2016

40 Alegria e Ação - Joanna de Ângelis




40 Alegria e Ação

 Joanna de Ângelis


A alegria espontânea, que decorre de uma conduta digna, é geradora de saúde e bem-estar.


O homem que executa com prazer os seus deveres e sabe transformar as situações difíceis, dando-lhes cor e beleza, supera os impedimentos e facilita a realização de qualquer empresa.


A alegria, desse modo, resulta de uma visão positiva da vida, que se enriquece de inestimáveis tesouros de paz interior.


Viver, deve ser um hino de júbilo para todos quantos se movimentam na Terra.


Oportunidade superior de ascensão, pode ser considerada uma bênção de alto porte, que somente uma conduta jubilosa e reconhecida pode exteriorizar como forma de gratidão.


*


Quanto faças, realiza-o com alegria.


Põe estrelas de esperança no teu céu de provações e rejubila-te pelo ensejo evolutivo.


Abre-te a outros corações que anelam por amizade e aumenta o teu círculo de companheiros, transmitindo-lhes as emoções gratas do ato de viver.


Qualquer ação inspirada pela alegria torna-se mais fácil de ser executada e aureola-se da mirífica luz do bem.


Nem sempre é o fato, em si, o grande problema, mas o estado de ânimo e a forma de o encarar por aquele que o deve enfrentar.


Coloca o toque de alegria nas tuas realizações e elas brilharão, atraindo outras pessoas, que se sentirão comprazidas em poder ajudar-te, estar contigo, participar das tuas tarefas.


O Evangelho é uma Boa Nova de alegria, pois que ensina a superar a dor, a sombra da saudade, e aclara o enigma da morte.


Neste, como em todos os teus dias, sê alegre, demonstrando gratidão a Deus por estares vivendo.




Divaldo Pereira Franco - Episódios Diários - Pelo Espírito Joanna de Ângelis p. 76-77.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”