Pachelbel - Canon In D Major

quinta-feira, novembro 24, 2016

Motivos de felicidade - Eros







Motivos de felicidade

Eros


Um ancião estuava de alegria, à margem do caminho, e cantava um hino de louvor à vida.


Um passante pessimista, magoado com tanto júbilo, indagou-lhe agressivo:


- Por que tal felicidade? 


Será porque a morte já te espreita?


- Não é por isso; mas por três outros motivos - respondeu o idoso. 


- Primeiro, porque num Universo onde a vida estua, só o homem pensa e eu sou um homem. 


Segundo, porque a dúvida que a tantos atormenta, não encontra agasalho em mim: sou um homem de fé. 


E, por fim, porque todos sabemos que o corpo é de breve duração e eu sou um homem que tem vivido muito. 


A morte, que a todos espreita em todas as idades, ainda não se recordou do mim; quando, porém, chegar, será muito bem recebida.


“Não tenho razão para ser feliz?”




FRANCO, Divaldo Pereira pelo Espírito Eros. Do livro Em algum lugar do futuro, 2.ed, 1987, p. 07.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”