Pachelbel - Canon In D Major

quarta-feira, novembro 16, 2016

46 Busca Incessante - Joanna de Ângelis





46 Busca Incessante

Joanna de Ângelis


Uma das formas de ser feliz é buscar a Verdade sempre, não estacionando no já conseguido, e seguindo além.


Não tenhas, porém, a pretensão de obrigar os outros a aceitarem o que hajas conquistado.


As criaturas estacionam e progridem em faixas de valores diferentes, não podendo ser padronizadas mediante a mesma escala.


Além disso, a Verdade absoluta não será conseguida pelo homem finito.


Assim, ela se apresenta com matizes variados que atendem aos diversos graus da evolução humana, sem imposições constrangedoras.


Conquista sem humilhar; submete sem ferir; domina, libertando.


Quem a encontra, modifica-se inteiramente, alterando, para melhor, o padrão do comportamento.


Livre, com ela faz-se mais sábio e paciente, apaziguado e feliz.


Como não gostas que te cerceiem a faculdade de pensar e eleger o que te parece melhor, não te imponhas nem as tuas aquisições intelecto-morais a ninguém.


*


Através do exemplo leciona a verdade, nunca revidando mal por mal, desculpando a ignorância e olvidando toda ofensa.


Com uma visão mais clara e perfeita da vida, entendes melhor os homens e suas debilidades, sendo paciente com eles e conquistando- os para o clima de bem-estar que desfrutas.


O sábio não é aquele que conhece, mas quem aplica o conhecimento na vivência diária.


A verdade é manifestação de Deus, que a pouco e pouco o homem penetra.


Por isso, ensinou Jesus que todos buscássemos a verdade, pois que ela, expressando o amor em plenitude, liberta e torna feliz o ser.




Divaldo Pereira Franco - Episódios Diários - Pelo Espírito Joanna de Ângelis p. 86- 87.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”