Pachelbel - Canon In D Major

terça-feira, abril 24, 2012



Estudo comprova que otimismo faz bem ao coração

23/04/2012

Uma revisão de mais de 200 pesquisas revela que os efeitos do otimismo e de emoções positivas diminuem os riscos de infarto e outras doenças cardiovasculares.

Muitos estudos já comprovaram os efeitos negativos do estresse e da ansiedade e suas influências na saúde, podendo aumentar as chances do desenvolvimento de doenças cardiovasculares e até mesmo do câncer. No sentido contrário da negatividade, um novo estudo feito pela Universidade de Harvard revelou que pessoas otimistas possuem um coração mais saudável.


 
Após a revisão de mais de 200 estudos, os pesquisadores apontaram diversos aspectos psicológicos que reduzem os riscos de doenças cardiovasculares, entre eles o otimismo e outras emoções positivas.


Julia Bohem, uma das autoras do estudo, diz que “vimos que fatores como a felicidade, o otimismo ou a satisfação com a vida reduzem os riscos de doenças do coração, independente de outros fatores como idade, peso e status socioeconômico”.

O estudo, publicado na revista Psychological Bulletin, analisou as relações entre a saúde psicológica e a cardiovascular, levando em consideração outros fatores indiretos.



Os resultados mostraram que, no geral, as pessoas que são mais satisfeitas com a vida costumam desenvolver hábitos mais saudáveis: praticam exercícios todos os dias, seguem uma dieta equilibrada e dormem o suficiente.

Além disso, a pesquisa mostrou que pessoas que têm atitudes mais positivas não costumam ter pressão alta, possuem quantidades normais de gordura no sangue e um peso corporal aceitável. Quando esses fatores são somados, os riscos de doenças cardiovasculares são minimizados consideravelmente.


Fonte: Universia Brasil

Disponível em http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/04/23/924928/estudo-comprova-otimismo-faz-bem-ao-coraco.html 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”