Pachelbel - Canon In D Major

sábado, dezembro 01, 2012

O comportamento - Scheilla






O comportamento 


Scheilla



Se estamos falando aos jovens, não devemos esquecer-nos de dizer alguma coisa sobre o seu comportamento mais diretamente, pois, a educação abre inúmeros caminhos, ampliando a compreensão e valorizando a conduta.



Esforça-te para não mentir, principalmente dentro do lar. A mentira tirar-te-á a confiança de teus pais, irmãos e parentes. 



O que vale um moço que não merece a confiança dos que o cercam?




Esmera-te no cumprimento dos teus deveres, em tua casa e na escola, pois, esses gestos conferir-te-ão uma amizade mais profunda dos teus parentes e de todos os que te observam.



Empenha-te em seres justo, porque a justiça, na vida de quem está iniciando nova carreira na Terra, é baliza de luz, a iluminar-te a vida.



Cuida-te em seres honesto, em todos os acontecimentos, nas palavras e nos atos. 


A honestidade é força poderosa para a formação do teu caráter, dignificando a tua vida. O valor de uma criatura começa na honestidade.



Robustece-te no trabalho. Todos temos deveres, ante o Criador, de realizar alguma coisa; não sejas dos que dormem. O labor foi o primeiro gesto de Deus, fazendo-se a luz.



Diante dessas coisas que mencionamos, as outras aparecerão, como por encanto, em tua cabeça, aflorando em tua vida, e aí é que o Amor se tornará uma flor, em teu coração, acostumado a proceder bem. 


Tornar-te-ás condicionado, na divina operação do Bem e da Caridade, em teu mundo interno, onde o sol nascerá, fazendo compreender que Cristo está em nós, pelo poder de Deus.



Comporta-te bem, meu filho, onde estiveres, e em quaisquer circunstâncias, que os frutos dessa vivência acompanhar-te-ão, para sempre, saciando-te a alma, com o clima de vida e de esperança.



Nós estamos te falando tudo isso, porque desejamos que compreendas a verdade das vidas sucessivas, coluna mestra que nos mostra a justiça de Deus. 


A Doutrina Espírita tem a função de fazer o inventário da morte, porque a morte já morreu, e transformou-se em vida. 



Os teus pertences são a vida.



Não esqueças a gentileza para com os professores que te cercam. Eles têm o gume cristão de ensinar, com amor, para que surja, em teu caminho o halo da vida, que floresce para a luz de Deus.



A boa conduta do homem torná-lo-á imune a muitas enfermidades. No futuro, a Ciência vai comprovar essa verdade, preocupando-se mais com as mudanças dos pensamentos das criaturas e com o comportamento de cada ser, do que, mesmo, com os remédios. 


Quando precisar de um medicamento, o homem usará, primeiramente, a palavra educada e instruída, predispondo o necessitado para a harmonia mental e o bem estar físico.



Começa a mudar, hoje. As transformações, aparentemente, geram guerras. Mas, se persistires, a Terra transmutar-se-á em Chão de Rosas, para a tua paz.




MAIA, João Nunes Maia  pelo Espírito Scheilla. “Chão de Rosas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Deixe aqui um comentário”